Campo Grande, 23 de Outubro de 2018



amarok

Categorias



 

x Rural News Ms 10/10/2018 - 14:38:03

Feriado: Polícia Rodoviária Federal deflagra Operação Nossa Senhora 2018


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará a Operação Nossa Senhora 2018 às 0h desta quinta-feira, 11 de outubro, até às 23h59 de domingo, 14 de outubro.

 

O feriadão fica ainda mais extenso em Mato Grosso do Sul, em virtude do feriado do dia 11 de outubro que é comemorado o aniversário do Estado. Sendo, portanto, iniciado a Operação Nossa Senhora, às 0h de quarta-feira, 10 de outubro.

 

Durante os cinco dias de Operação a PRF priorizará a segurança e a prevenção de acidentes a fim de reduzir a violência nas rodovias federais do Estado. Como em todo feriado prolongado, a ênfase será no combate ao excesso de velocidade, às ultrapassagens indevidas e à alcoolemia associada à direção veicular.

 

A fiscalização será intensificada em todas as rodovias federais do Mato Grosso do Sul. E nos períodos de maior fluxo os policiais rodoviários federais vão concentrar a fiscalização em locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes, de acordo com estatísticas do órgão.

 

As ações preventivas da PRF para redução da violência do trânsito e de acidentes envolve a fiscalização do abuso de velocidade, a infração mais cometida pelos condutores no país, como também as infrações com potencial mais lesivo relacionado às ultrapassagens proibidas e à alcoolemia ao volante. Para reduzir o número de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal contará com 80 viaturas, 40 aparelhos de etilômetro – também conhecido como bafômetro.

 

No estado do Mato Grosso do Sul são 3.652 quilômetros de rodovias federais, 09 Delegacias e 22 Unidades Operacionais da PRF que intensificarão suas atividades durante esse feriado.

 

O planejamento da Polícia Rodoviária Federal faz parte de esforços de vários organismos nacionais e internacionais para a redução da violência no trânsito.

 

A Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu a década 2011-2020 como aquela de Ações pela Segurança no Trânsito, na qual os signatários se comprometeram a reduzir a violência no trânsito, ceifando as vidas de cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano. O Brasil, ao considerar números absolutos no início da década, estava entre os oito países com mais mortes no trânsito.



Mais Notícias