Campo Grande, 15 de Dezembro de 2018



468x60px

Categorias



 

x Rural News Ms 05/12/2018 - 10:37:33

Decisão do MPE pede sequestro ativos de proprietários que causaram dados no rio da Prata


barragem-rompe-no-rio-da-prata-2

Justiça acata decisão do Ministério Público Estadual, e sequestra ativos financeiros dos proprietários das fazendas Rio Grande e Monalisa, até o limite de R$ 400 mil.

 

Segundo o despacho do Promotor de Justiça Alexandre Estuqui Junior, as propriedades Fazenda Rio Grande e Monalisa, não possuem medidas essenciais de conservação do solo e que, em razão da ausência de programas ou procedimentos dessa natureza, causaram danos ambientais no Rio da Prata que possuam aguas cristalinas, e contribuem com turismo local.

 

 

Na Fazenda Monalisa não foi constatada nenhuma técnica de preservação do solo que tivesse correlação com a contenção das águas das chuvas e na Fazenda Rio Grande foi constatada a inexistência de curvas de nível, bem como foi constatada a incapacidade de contenção pelas "caixas secas".

 

Contudo a Juíza de Direito Adriana Lampert, deferiu o pedido do MPE/MS, e solicitou vistorias técnicas de órgão competentes nas propriedades citadas e bem como no rio afetado.



Mais Notícias