Campo Grande, 27 de Julho de 2017



Banner-Web-ICMS_468x60px

Colunistas » Agronegócio é a sustentação da economia » Tereza Cristina Correa da Costa


Agronegócio é a sustentação da economia

Lendo várias reportagens sobre economia observo que o nosso agronegócio é setor de principal destaque da economia do País. Esse desempenho vem do aumento da produção de soja, milho, feijão e arroz. Todos com safra relevante, com ganho de produtividade e com produção maior.

 

Segundo uma reportagem publicada no Estadão essa semana, o Brasil continua salvo de um desastre cambial e de uma crise econômica muito mais séria graças ao agronegócio, o setor produtivo mais eficiente do País, capaz de garantir um superávit comercial de US$ 40,77 bilhões no primeiro semestre, enquanto se acumulava um déficit global de US$ 2,36 bilhões no comércio exterior.

 

No campo, a perspectiva é de mais um recorde na produção de grãos e oleaginosas. Confirmando esses dados, o aumento será de 2,8% em relação à colheita da temporada anterior, segundo a última estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

Boa produção no campo contribui para a demanda de bens industriais, para o reforço das exportações e para a contenção do custo de vida. Em Mato Grosso do Sul, nos últimos anos conseguimos transformar o setor com apoio ao produtor que entendeu a realidade de se capacitar e ao mesmo tempo, utilizar novas tecnologias. Hoje podemos dizer em alto e bom som que somos fortes e vamos continuar se fortalecendo e evoluindo, levando nosso Estado para novas conquistas sociais e econômicas. Esperamos que cada vez mais o agronegócio contribua com a diversidade gerando importante participação com o pilar social.

 




Mais Colunas


Cotação


  Arroba 30 dias
Vaca: 109,50
  Arroba 30 dias
Boi: 119,00
  Saca 60 kg
Soja: 60,00
Paraiso-das-Aguas